[:pt]TRF da 1ª Região. Previdenciário. CRP de BH. Julgamento por videoconferência. Estreia[:]

Postado em: 22/03/2017

[:pt]A 1ª Câmara Regional Previdenciária (CRP) de Belo Horizonte/MG realizou ontem, 21/03, sua primeira sessão de julgamentos por videoconferência, presidida pelo Des. Fed. JOSÉ AMILCAR MACHADO direto de uma das salas de sessões da sede do TRF da 1ª Região, em Brasília. O magistrado destacou as facilidades geradas pela possibilidade de se realizar um julgamento por meio da ferramenta. «Além de diminuir as despesas, isso representa o processo de aceleração de julgamentos», afirmou. «Não há desgaste do juiz, que deveria antes viajar, e assim pode se empenhar ainda mais com o resto do tempo, já que tudo é feito a distância com muita economia e uma produtividade excelente», reforçou. O sistema de julgamentos por videoconferência é um método previsto pelo novo CPC para agilizar a apreciação dos processos e dar vazão ao número de processos que tramitam na 1ª Seção do TRF1, que engloba as 1ª e 2ª Turma do Tribunal, responsáveis pela análise de matérias previdenciárias. A primeira sessão realizada dessa forma pelas CRP’s aconteceu na Câmara Regional Previdenciária de Juiz de Fora/MG, em setembro do ano passado. Este julgamento havia sido presidido pelo Des. Fed. e corregedor regional da Justiça Federal da 1ª Região, JOÃO BATISTA MOREIRA, que também ressaltou a importância do procedimento. «Ninguém nega que o futuro, não só da Justiça, mas de grande parte das atividades da sociedade, passa por essa previsão de subordinação à tecnologia», destacou na oportunidade. As Câmaras Regionais Previdenciárias (CRPs) foram uma alternativa encontrada pelo TRF da 1ª Região para maior celeridade no julgamento dos processos previdenciários. Além de ter um impacto menor na estrutura administrativa do órgão em relação a recursos humanos e materiais, a medida fortalece a parceria com a 1a Instância e aproxima a Justiça do cidadão. (Fonte: TRF da 1ª Região)[:]

Você não pode copiar este conteúdo.